Últimos Posts

Evangelho
Revendo a História

Evangelho

Santo do Dia

Revendo a História

Artigo da Semana

Recent Posts

domingo, 26 de fevereiro de 2017

26/02 - Mt 6,24-34

26 de Fevereiro de 2017


evandia

Mateus 6,24-34
 

“Ninguém pode servir a dois senhores: ou vai odiar o primeiro e amar o outro, ou aderir ao primeiro e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e ao Dinheiro! Por isso, eu vos digo: não vivais preocupados com o que comer ou beber, quanto à vossa vida; nem com o que vestir, quanto ao vosso corpo. Afinal, a vida não é mais que o alimento, e o corpo, mais que a roupa? Olhai os pássaros do céu: não semeiam, não colhem, nem guardam em celeiros. No entanto, o vosso Pai celeste os alimenta. Será que vós não valeis mais do que eles? Quem de vós pode, com sua preocupação, acrescentar um só dia à duração de sua vida? E por que ficar tão preocupados com a roupa? Olhai como crescem os lírios do campo. Não trabalham, nem fiam. No entanto, eu vos digo, nem Salomão, em toda a sua glória, jamais se vestiu como um só dentre eles. Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje está aí e amanhã é lançada ao forno, não fará ele muito mais por vós, gente fraca de fé? Portanto, não vivais preocupados, dizendo: ‘Que vamos comer? Que vamos beber? Como nos vamos vestir?’ Os pagãos é que vivem procurando todas essas coisas. Vosso Pai que está nos céus sabe que precisais de tudo isso. Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão dadas por acréscimo. Portanto, não vos preocupeis com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã terá sua própria preocupação! A cada dia basta o seu mal.”




            Entendendo


“NÃO PODEIS SERVIR A DEUS E AO DINHEIRO!”

O evangelho deste domingo traz, em linhas gerais, o comando de Deus na história de seus filhos. Mostra de forma ilustrada que as aves dos céus e os lírios do campo são comandados por Deus. Eles obedecem seu ciclo de vida com beleza e cumprem seus objetivos. Quanto mais nós, filhos queridos, criados por Ele!

Jesus quer que compreendamos que a vida dos que creem Nele deve ser obedecida na ordem de seus valores. É necessário que Deus ocupe o primeiro lugar, pois é Ele que irá matar nossa fome e sede de justiça, ainda que soframos perseguições.

O evangelho revela, também, uma verdade: “Não podeis servir a Deus e ao dinheiro!” Jesus quer nos alertar sobre o perigo que corre todo aquele que tem uma tendência materialista. Para Ele é claro que o amor ao dinheiro, faz a pessoa afastar-se do seu Deus.

O dinheiro em si não é mal, mas numa cabeça fraca, sem formação dos valores de Deus, o dinheiro irá se tornar uma paixão. E não é só o dinheiro, cito o exemplo de um homem que se apaixona por uma mulher fora do casamento. Tal sentimento transviado levará a separar-se de sua esposa, abandonar os seus filhos e o projeto divino da família. A paixão cega e domina.

A paixão pelo dinheiro leva um filho a matar o próprio pai para ficar com a herança ou o seguro... Por que isso acontece? Porque Deus foi abandonado em sua causa primeira. A partir do momento que nos afastamos de Deus, damos espaço para outras paixões destruam nossos objetivos e até o prazer de viver.





Atualizando


O PODER QUE O DINHEIRO
TEM DE DESTRUIR O HOMEM INTERIOR

Um trabalhador do interior foi para a cidade grande tentar uma vida melhor. Depois de muito trabalho, superou diversas dificuldades, mas cresceu, e quanto mais crescia, mais trabalhava e quanto mais trabalhava mais ganhava dinheiro.

Casou, teve filhos, mas o trabalho o impedia de usufruir o seu ganho. Quando pensava na vida sofrida que levou na infância, voltava seus pensamentos para o trabalho e em como ganhar mais e mais dinheiro, para dar uma vida confortável para a sua família.

Em um final de semana ele foi visitado por um sábio. O sábio o levou até a janela e perguntou: “Olhe lá para fora, o que você vê?” Ele respondeu: “Vejo homens, mulheres e crianças”. Então, o sábio pegou um espelho grande e com ele “fechou” a janela. E perguntou: “E agora, o que você vê?” “Vejo só a mim mesmo!” O sábio então disse: “Tome nota, na janela há vidro e no espelho também, mas o vidro do espelho tem prata num dos lados”.

Uma lição se aprende: Logo que se junta prata, deixamos de ver os outros, para só vermos a nós próprios. Cuidado com a prata!

Autor Desconhecido

26/02 - Santa Paula Montal Fornés de São José de Calazans

26 de Fevereiro de 2017

Santa Paula Montal
Fornés de São José de Calazans

image

“Fundou a Congregação das Filhas de Maria”

Paula nasceu em Vila de Arenys de Mar, perto de Barcelona na Espanha, no dia 11 de outubro de 1799, e foi batizada no mesmo dia. Pertencia a uma família simples, artesã e muito cristã. Viveu sua infância e juventude em sua cidade natal.

Ficou órfã de pai e começou a trabalhar com apenas 10 anos de idade, mas o que mais gostava de fazer era cultivar a vida espiritual e frequentar a paróquia, onde se destacou pela devoção à Virgem Maria.

Em sua época, a educação para mulheres era muito rara. Tocada por Deus, durante suas orações, decidiu ir para Figueras, juntamente com três amigas, para fundar um colégio inteiramente dedicado à formação e educação feminina.

Em 1829, Paula inaugurou a primeira escola para meninas em Figueras, a segunda foi inaugurada em sua terra natal. Depois, com autorização canônica, fundou a Congregação das Filhas de Maria e das Religiosas Escolápias, que passaram a seguir os regulamentos da Congregação dos Padres Escolápios, fundada por São José de Calazans.

O ideal da Congregação das Filhas de Maria era “salvar a família e educar as meninas no santo temor de Deus” e ele foi crescendo cada vez mais. Paula passou a viver seu apostolado em um de seus colégios, que ficava ao lado do Mosteiro da Virgem de Montserrat.

Viveu neste local durante trinta anos, onde faleceu com noventa anos de idade, no dia 26 de fevereiro de 1889 e foi sepultada na capela da Igreja Matriz de Olesa Montserrat, Barcelona, Espanha.

Foi beatificada em 1993, pelo papa João Paulo II e canonizada em Roma em 2001, pelo mesmo papa.


Atualmente, seus colégios recebem meninos e estão espalhados pelo mundo inteiro. No Brasil eles estão localizados nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

26/02 - Dia do Cometa Olinda - O Primeiro Cometa descoberto na América Latina

26 de Fevereiro de 2017

Dia do Cometa Olinda
  - O Primeiro Cometa descoberto na América Latina -

image

O Cometa Olinda foi descoberto pelo astrônomo francês Emmanuel Liais, que estava a serviço do Observatório Imperial de Paris, no dia 26 de fevereiro de 1860. Liais visualizou o cometa ao realizar observações no observatório do Alto da Sé, situado em Olinda, Pernambuco, Brasil.

Foi o primeiro cometa descoberto na América do Sul e até hoje é o único em território brasileiro. Ele possui órbita parabólica, o que impede uma nova observação no mesmo local. Acredita-se que os cometas de órbita parabólica tenham se formado na nuvem de Oort. O cometa foi visualizado na região celeste representada pela constelação de Dourados.

sábado, 25 de fevereiro de 2017

25/02 - Mc 10,13-16

25 de Fevereiro de 2017


evandia

Marcos 10,13-16

Algumas pessoas traziam crianças para que Jesus as tocasse. Os discípulos, porém, as repreendiam. Vendo isso, Jesus se aborreceu e disse: “Deixai as crianças virem a mim. Não as impeçais, porque a pessoas assim é que pertence o Reino de Deus. Em verdade vos digo: quem não receber o Reino de Deus como uma criança, não entrará nele!” E abraçava as crianças e, impondo as mãos sobre elas, as abençoava.




            Entendendo


“DEIXAI VIR A MIM AS CRINCINHAS!”

Era opção de Jesus defender os mais fragilizados, em diversos sentidos: na saúde, na condição social, física, vítima de preconceito... Neste contexto a criança é vítima de uma mentalidade brutal, do domínio dos mais fortes. As crianças não eram contadas e nem levadas em consideração. Lembremo-nos da “multiplicação dos pães”, onde o texto diz que foram alimentados cinco mil homens, sem contar mulheres e crianças.

Os discípulos de Jesus, influenciados ainda pela mentalidade arrogante dos fariseus, criam dificuldades para que as crianças cheguem próximas do Mestre. Jesus quebra mais um preconceito, chama a criançada e aproveita para mostrar que a criança está mais próxima de Deus, do que os considerados cumpridores das regras divinas.

As crianças são para Jesus, não somente objeto de atenção e carinho, mas também modelos a serem imitados por aqueles que querem seguir verdadeiramente o caminho cristão, sobretudo na autenticidade, nas palavras e ações.



Atualizando

NUM MUNDO DE TANTA MALÍCIA,
SINTO SAUDADE DA MINHA INOCÊNCIA DE CRIANÇA

Saudades...

Da época de criança, das brincadeiras inocentes, que hoje já não são tão inocentes assim.
Das tardes em que eu passava fazendo exatamente nada, que hoje já são tão movimentadas.
Saudade de quando eu era ingênua, de quando eu não entendia nada, das épocas que eu só ouvia e não precisava dar minha opinião, e por isso não era criticada.
Saudade de quando todos faziam as minhas vontades, que eu era a princesinha da casa.
Saudade de quando eu acreditava em papai Noel, coelhinho da páscoa e príncipe encantado.
A gente cresce, perde a inocência, aprende a ouvir, a entender, a viver...
Já que não é possível continuar com a inocência, como seria bom se ela fosse substituída pela pureza de coração!
Baseado no poema de Débora Comis


Videos

Seguir por E-mail